Cursos de Equoterapia 2020

47º Curso Básico de Equitação para Equoterapia

Data de início: 30 de novembro de 2020
Data de término: 11 de dezembro de 2020
Data limite para inscrição: 02 de outubro de 2020
Data de seleção: 05 de outubro de 2020
Data de pagamento: 09 de outubro de 2020

168º Curso Básico de Equoterapia

Data de início: 19 de outubro de 2020
Data de término: 23 de outubro de 2020
Data limite para inscrição: 04 de setembro de 2020
Data de seleção: 08 de setembro de 2020
Data de pagamento: 11 de setembro de 2020

169º Curso Básico de Equoterapia

Data de início: 16 de novembro de 2020
Data de término: 20 de novembro de 2020
Data limite para inscrição: 02 de outubro de 2020
Data de seleção: 05 de outubro de 2020
Data de pagamento: 09 de outubro de 2020

167º Curso Básico de Equoterapia

Data de início: 21 de setembro de 2020
Data de término: 25 de setembro de 2020
Data limite para inscrição: 07 de agosto de 2020
Data de seleção: 10 de agosto de 2020
Data de pagamento: 14 de agosto de 2020

166º Curso Básico de Equoterapia

Data de início: 17 de agosto de 2020
Data de término: 21 de agosto de 2020
Data limite para inscrição: 03 de julho de 2020
Data de seleção: 06 de julho de 2020
Data de pagamento: 10 de julho de 2020

26° Curso Avançado de Equoterapia

Data de início: 31 de agosto de 2020
Data de término: 04 de setembro de 2020
Data limite para inscrição: 17 de agosto de 2020
Data de seleção: 19 de agosto de 2020
Data de pagamento: 21 de agosto de 2020
 

Artigos acadêmicos

A Equoterapia Como Estratégia de Reabilitação em Distúrbios Neurológicos

A atividade assistida por cavalos é antiga na humanidade, referida na mitologia e histórias antigas. No entanto, somente no século XIX, que a terapia com a utilização do cavalo passou a ser utilizada para transtornos neurológicos e demais deficiências (NERINO, et al., 2011). Os ganhos por meio da equoterapia estão relacionados ao movimento tridimensional produzido pelo cavalo ao passo, que são correspondentes aos movimentos pélvicos durante a marcha humana.

As alterações neurológicas podem levar a perda do controle motor seletivo, evidenciar reflexos primitivos e alterar o tônus, os quais são evidenciados por inadequação da postura, posicionamento e movimentação, como também pela diminuição do equilíbrio. O cavalo como uma ferramenta de tratamento dinâmico e passível de combinação de técnicas, é uma alternativa eficaz para distúrbios neurológicos.
Inferimos que a equoterapia é uma ferramenta eficaz na prática terapêutica em distúrbios neurológicos, sendo inúmeros os benefícios físicos como a melhora da simetria muscular dos membros inferiores, nas habilidades motoras, no equilíbrio, na força muscular e na movimentação geral.

Ano de realização: 2011
Idioma(s): Português Brasileiro
Campo(s) de pesquisa: Fisioterapia
Nível acadêmico: Pós-graduação
Número de páginas: 5
Palavras-chave: equoterapia, reabilitação e distúrbios neurológicos
E-mail: garativ@gmail.com
Bairro: Vila Celina
Cidade: Sao Carlos
Estado: Espírito Santo
CEP: 13566-440
Local de realização: Universidade Federal de São Carlos (Ufscar)
País: Brasil
Cidade de realização: São Carlos
Estado de realização: Espírito Santo
País de realização: Brasil
Download: http://equoterapia.org.br/media/artigos-academicos/documentos/16011827_ARTIGO 2.pdf